quarta-feira ,17 janeiro 2018
Home / Entretenimento / George Michael morre por insuficiência cardíaca aos 53 anos, diz site

George Michael morre por insuficiência cardíaca aos 53 anos, diz site

George Michael (Foto: Leon Neal / AFP)
George Michael (Foto: Leon Neal / AFP)

O cantor George Michael morreu neste domingo de Natal, 25, aos 53 anos por insuficiência cardíaca. Michael Lippman, representante e amigo de longa data do artista, informou a causa da morte ao site “The Hollywood Reporter”. Lipmann também informou que a morte ocorreu “pacificamente” enquanto ele dormia em casa, no condado de Oxfordshire, na Inglaterra.

“É com grande tristeza que confirmamos que nosso amado filho, irmão e amigo George morreu em paz e em casa durante o Natal. A família pede que sua privacidade seja respeitada neste momento difícil e emocional. Não haverá mais nenhum comentário sobre o assunto”, informou o representante.

Michael, cujo nome real era Georgios Kyriacos Panayiotou, nasceu em 25 de junho de 1963 em East Finchley, norte de Londres. Filho de um restaurateur e uma mãe bailarina, teve seu primeiro contato com a música trabalhando como DJ em pequenos clubes.

Já na adolescência, se interessou pela música e começou a tocar ska com o amigo de escola Andrew Ridgeley. Na primeira metade dos anos 1980, os dois criaram o duo pop Wham!, que daria o pontapé inicial na carreira de George Michael, com hits como “Young Guns”, “Wake Me Up Before You Go-Go” e “Careless Whisper”. Eles seguiram a parceria até 1986, vendendo mais de 25 milhões de discos.

George Michael (Foto: Chris Young / AFP)
George Michael (Foto: Chris Young / AFP)

Michael decidiu seguir carreira solo quando a banda Wham! ainda estava no auge do sucesso internacional. Em 1987, lançou “Faith”, seu primeiro disco solo, que tinha ainda hits como “Father Figure” e “Kissing a Fool”. Os videclipes do álbum exploravam a sensualidade e foram responsáveis por tornar Michael como um sex symbol dos anos 1980.

Ao longo de suas quatro décadas de carreira, chegou a vender mais de cem milhões de discos. Entre as premiações, levou três Brit Awards e duas vezes o Grammy. Recentemente ele chegou a anunciar que estava trabalhando em um novo álbum com o produtor e compositor Naughty Boy. Em março de 2017, planejava lançar um documentário batizado de “Freedom”.

 

Fonte: globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *