sábado ,21 outubro 2017
Home / Cultura / ‘Ministério da Cultura está assumindo sua responsabilidade’, diz Niéde Guidon

‘Ministério da Cultura está assumindo sua responsabilidade’, diz Niéde Guidon

Niéde Guidon com o ministro da Cultura, Roberto Freire, no Piauí (Foto: Benonias Cardoso)
Niéde Guidon com o ministro da Cultura, Roberto Freire, no Piauí (Foto: Benonias Cardoso)

Em encontro realizado ontem quarta-feira, o ministro da Cultura, Roberto Freire, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), o presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ricardo Soavinski, a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, e a diretora-presidente da Fundação do Homem Americano (Fumdham), Niéde Guidon, assinaram um acordo de cooperação técnica para regular as relações entre os participantes e definir as atribuições específicas de cada um. A arqueóloga Niéde Guidon afirmou nesta quarta-feira (25) que “finalmente” a União está assumindo a sua responsabilidade junto à unidade de conservação.

O ministério será responsável pela manutenção, o estado vai participar agora, para não termos os problemas que tivemos nos últimos anos, de pessoas demitidas. De 270 funcionários, estamos com 40. Vamos trazer de volta para a região o turismo e o desenvolvimento regional”,

Serra da Capivara abriga mais antigos vestígios de homem da América. (Foto: AFP Photo/Joaquim Neto - FUMDHAM)
Serra da Capivara abriga mais antigos vestígios de homem da América. (Foto: AFP Photo/Joaquim Neto – FUMDHAM)

A arqueóloga se referiu a anos de dificuldades financeiras pelas quais vem passando o parque, culminando em seu quase fechamento no segundo semestre do ano passado, sem recursos para manter os salários em dia, a Fumdham deu aviso prévio para todos os funcionários da fundação.

Segundo o ministério da Cultura, o acordo não prevê repasse de recursos, mas estabelece a criação do Comitê Permanente de Acompanhamento e Gestão. Esse comitê será formado por representantes do ICMBio (atualmente o responsável pela gestão do parque), do Iphan e da Fumdham e ficará encarregado da elaboração de um diagnóstico da situação atual do parque e, em sequência, de um plano de gestão que defina ações, prazos, responsabilidades e uma previsão de custos para execução das ações. O prazo para conclusão do plano é de seis meses.

“A responsabilidade do parque é de todos. É importante o contato permanente e não só formalidade. Estamos assumindo a responsabilidade junto com vocês (demais participantes). Vamos agora pensar no turismo e na importância do parque para o Piauí, para o Nordeste, para o Brasil e para a humanidade”, disse Freire.

Pinturas rupestres na caverna da Serra da Capivara remonstam cenas de caça dos mais antigos de habitantes (Foto: Pedro Santiago/G1)
Pinturas rupestres na caverna da Serra da Capivara remonstam cenas de caça dos mais antigos de habitantes (Foto: Pedro Santiago/G1)

O Parque Nacional da Serra da Capivara conta com mais de 1.200 sítios arqueológicos e uma ampla infraestrutura de visitação. São centenas de quilômetros de trilhas e estradas bem sinalizadas para dezenas de sítios equipados para o recebimento de turistas. A unidade de conservação é o principal motor de desenvolvimento da região.

fonte: g1.globo.com/pi/piaui

edição da matéria: De assis Ferreira

Você pode Gostar de:

agenda

O Grande Encontro – Theresina Hall – 14 de Outubro

vem ai Best free WordPress theme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *