sábado ,21 outubro 2017
Home / Cultura / Programa orienta a manutenção das crianças na escola na capital

Programa orienta a manutenção das crianças na escola na capital

Com o objetivo de construir um mapa situacional sobre o trabalho infantil em Teresina, o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) deu continuidade à sua etapa atual – o PETI Itinerante – na manhã dessa quinta-feira (27), na quadra coberta do Residencial Deus Quer, zona Sul de Teresina. O programa é realizado em toda cidade com uma série de atividades intersetoriais, com o intuito de informar, proteger, mobilizar e monitorar cada região.

Os serviços oferecidos pelo PETI Itinerante desta quarta etapa foram orientações sobre o cadastro e condicionalidades para o programa Bolsa Família; orientações para os jovens que desejarem entrar no mercado de trabalho por meio do programa Jovem Aprendiz; informações sobre o Pronatec, que oferece formação técnica profissional a jovens; Balcão do Trabalhador, com orientações sobre como fazer um currículo, além de dicas de vagas no mercado e outros; informações sobre os serviços da rede socioassistencial do município; ações na área da saúde, com aferição de pressão arterial, índice de massa corpórea, entrega de preservativos; ações na área de educação, com informações sobre a rede de ensino municipal.

A dona de casa Luana Santos realizou testes de saúde. “Vim fazer as medições e verificar minha pressão, faz dias que eu adiava a minha ida ao médico. Aqui é muito longe do centro, então sempre deixava pra depois, agora que a ação chegou ao meu bairro, aproveitei a oportunidade”, explica.

Villar Neto, coordenador do PETI em Teresina, explica as vantagens e benefícios para a população. “A gente vê que é preciso estar trazendo informação e oportunidade para os bairros mais afastados do centro da capital, Teresina é muito grande, e os benefícios tem que abranger a todos, essa seria a última etapa do PETI Itinerante, mas a segunda etapa no território norte que estava marcada para o dia 30 de setembro, não ocorreu, mas já estamos definindo a nova data”, conta.

Sob as diretrizes do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), criado em 1996 e reformulado em 2013, a Prefeitura de Teresina também já registra experiências exitosas que mostram que manter crianças e adolescentes na escola e ampliar seu acesso às atividades socioeducativas e culturais traz um resultado mais satisfatório e mais saudável, em comparação com o trabalho infantil.

O IBGE divulgou em novembro do ano passado os números da PNAD, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Segundo os dados, o trabalho infantil aumentou 4,5% de 2013 e 2014. São 3,3 milhões de crianças e adolescentes de cinco a 17 anos trabalhando no Brasil. Desse total, meio milhão tem menos de 13 anos e a maioria (62%) trabalha no campo, com agricultura.

O PETI Itinerante é formado por entidades como Secretaria Municipal de Saúde, Fundação Hospitalar de Teresina, Fundação Wall Ferraz, conselhos tutelares, 1ª Vara da Infância e Adolescência, Superintendência Regional do Trabalho e Ministério Público do Trabalho. A coordenação é da Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e Assistência Social (SEMTCAS).
Fonte: Com informações da Prefeitura de Teresina

Você pode Gostar de:

agenda

O Grande Encontro – Theresina Hall – 14 de Outubro

vem ai Best free WordPress theme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *