quarta-feira ,17 janeiro 2018
Home / Igreja / Missionário na Amazônia é visto como caminho para conversão pessoal

Missionário na Amazônia é visto como caminho para conversão pessoal

Uma experiência de quatro semanas vivenciadas por um grupo de seminaristas do Piauí marca os corações de jovens que estão em processo de formação sacerdotal. A área missionária de Novo Céu em Autazes (AM) está sendo a “casa”, durante este mês, de 12 jovens do nosso estado. A missão é uma espécie de “intercâmbio”, pelo menos é assim que caracteriza o padre Wellistony Viana, que coordena o projeto Missionário na Amazônia, ao lado do padre Daniel Rodrigues.

Foto:CNBB
                                      Foto:CNBB

Para entender melhor esse projeto que tem como objetivo formar os jovens seminaristas com a sensibilidade missionária para atuarem em comunidades que tem poucos sacerdotes no Brasil, a prática visa ofertar aos jovens, visitas a comunidades ribeirinhas, indígenas e demais espaços. Também estão previstos no cronograma encontros com o arcebispo de Manaus, dom Sérgio Eduardo Castriani e com o bispo da prelazia, dom Zenildo Luiz Pereira da Silva.

“O projeto Missionário na Amazônia é uma parceria entre o seminário interdiocesano Sagrado Coração de Jesus e a Prelazia de Borba com o apoio das Pontifícias Obras Missionárias. O trabalho faz parte das diretrizes da Comissão Missionaria do Seminário (Comise), que existe no regional há 30 anos e tem como compromisso animar os seminaristas para a dimensão missionaria da vocação”, explica padre Wellistony.

Para o seminarista Igor Torres, que integra o grupo, “a experiência é uma porta para o nosso grande sonho. Visitar as comunidades, sentir o jeito de ser Igreja, acolher com elas a chuva e o sol de cada dia, navegar em sua lidas e em tudo sentir a vontade de Cristo que também escolheu caminhar pelas fronteiras do mundo. Só quem pisa aqui sente a coroa de dores e alegrias que cerca esta terra e como a missão por aqui é um caminho para a conversão pessoal” , reflete ele.

Ainda de acordo com padre Wellistony, conforme a dinâmica do projeto, a cada ano acontecerá um intercâmbio missionário. Em 2018, os seminaristas da prelazia Borba devem fazer sua experiência missionária em uma das dioceses do regional Nordeste VI. A data de retorno do grupo ao Piauí está marcada para o dia 28 de janeiro próximo.

Com informação Arquidiocese de Teresina

Você pode Gostar de:

01 -

VENHA PARTICIPAR DO FESTEJO DE SANTA CRUZ PARQUE AFONSO GIL

Best free WordPress theme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *