quarta-feira ,17 janeiro 2018
Home / Noticias / Wellington lança Piauí Pilares do Crescimento e Inclusão Social

Wellington lança Piauí Pilares do Crescimento e Inclusão Social

O projeto investirá nas áreas de saúde, educação, desenvolvimento rural, inclusão produtiva e em ações estratégicas do estado.

Lorenna Costa
Piauí: Pilares do Crescimento e Inclusão Social. (Foto:Jorge Henrique Bastos)
O governador Wellington Dias lançou, na manhã dessa segunda-feira (31), no Palácio de Karnak, o Projeto Piauí: Pilares do Crescimento e Inclusão Social. Na solenidade, o chefe do executivo estadual assinou o decreto que regulamenta o funcionamento do projeto, que faz parte da missão do Banco Mundial no Piauí. Os recursos chegam a US$ 320 milhões e são referentes à duas operações de crédito.

Um financiamento é destinado à políticas de desenvolvimento e o outro é de abordagem multissetorial. As duas operações caminham juntas e apoiam as mesmas áreas: educação, saúde, meio ambiente, regularização fundiária, geração de emprego e renda no meio rural e gestão pública. Os recursos serão investidos em dez programas de doze órgãos e ainda em ações estratégicas do Governo.

“Essa operação já tem resultados. Foi possível investir na modernização, que resultou na maior eficiência em qualidade para a educação. A cada momento iremos ver mais vagas para o ensino superior, técnico e para jovens e adultos que precisam estudar. A parceria nos permite a aquisição de equipamentos modernos, a condição de georreferenciamento, etc. Outro ponto que já está sendo trabalhado é a regularização de terras. A meta é entregar seis mil títulos, mas faremos muito mais”, destacou o governador.

O Piauí Pilares do Crescimento e Inclusão Social é uma operação de crédito inovadora do Banco Mundial, cujo principal característica é o apoio ao fortalecimento da gestão do governo. Há ainda o apoio à expansão do sistema de monitoramento por resultados, padronização do processo de custeio e aquisições,  implementação da gestão financeira e auditoria simplificadas, adoção do sistema de informação para a gestão de terras e água e o ao aumento da oferta de ensino médio nas escolas.

“Foi o primeiro projeto aprovado após a minha posse como diretor do Banco Mundial e tenho um carinho enorme por ele. Estou feliz de finalmente chegar a essa terra, ver a natureza fantástica daqui, mas também um estado que tem compromisso com o crescimento e a inclusão social. Esse é o objetivo principal do Banco, ajudar de maneira que todos possam compartilhar os frutos do desenvolvimento econômico e social”, atentou o diretor do Banco Mundial, Martin Raiser.

O comitê gestor do projeto será presidido pelo secretário de Planejamento, Antônio Neto, e será composto por representantes titulares da Secretaria de Educação (Seduc), Secretaria de Sáude (Sesapi), Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR), Secretaria da Fazenda (Sefaz), Secretaria da Administração (Sead), Coordenadoria de Políticas para as Mulheres (CEPM), Instituto de Terras (Interpi), Procuradoria, Controladoria e Ouvidoria Geral.

Visitas pelo estado
Acompanhado do diretor do Banco Mundial, Martin Raiser, o governador Wellington Dias cumpre agenda de visitas a projetos no Piauí que recebem investimentos do banco. Eles visitaram, na manhã desta segunda-feira(31), a sede do Canal Educação, ferramenta que promove aulas via mediação tecnológica a alunos de cerca de 200 municípios piauienses. Ainda hoje, ambos participam de solenidade de entrega de títulos de terras na localidade Espinheiro, em Altos.

Você pode Gostar de:

INGRESSOS X SPORT

River inicia venda de ingressos para partida contra o Sport, na Copa do Nordeste

O torcedor do River já pode adquirir seu ingresso para assistir o jogo do Galo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *